Do porco tudo se aproveita. Da carne, são extraídos diversos cortes, como lombo, filé, carré, pernil, costela e paleta. Da barriga dá para fazer toucinho, banha e torresmo. Vísceras como fígado, coração, língua, toucinho e sangue são ingredientes de um típico prato nordestino, o sarapatel. E a brasileiríssima feijoada também usa rabo, orelha, costela e pé - salgados ou defumados.

Mas e bochecha de porco, você já provou?! Populares na gastronomia de países como Portugal, Espanha, França, Itália e Colômbia, as bochechas de porco só mais recentemente começaram a ganhar destaque por aqui, seja em restaurantes, seja em programas de culinária como o MasterChef Brasil.

Bochecha de porco ao molho de vinho e purê de batata enriquecido com tutano, por exemplo, foi o prato principal apresentado pela produtora de eventos Izabel Alvares, que ganhou a competição na edição de 2015 (reveja como foi aqui).

Uma das principais dicas de preparo desse tipo de carne - que quando crua é muito dura - é a longa cocção. Você pode servir a bochecha suína como petisco ou prato principal, como a receita da foto, que é feita na cerveja preta, como você confere aqui.