Apesar de sermos conhecidos como uma das maiores butiques de carnes do Brasil, muita gente desconhece a história por trás da escolha do nome Porco Feliz.

Há mais de 15 anos - e portanto antes da atual administração -, o antigo proprietário do açougue teve que batizar seu novo empreendimento.

Palmeirense fanático e radiante com a vitória do seu time naquela semana, não pensou duas vezes: em homenagem ao seu time de coração, escolheu o nome Porco Feliz, que também tinha a ver com o foco na comercialização de carnes suínas.

Com o passar dos anos, o Porco Feliz expandiu sua atuação para o segmento de carnes nobres, exóticas e porcionadas, sendo hoje nacionalmente reconhecido como uma grife que é sinônimo de qualidade e respeito a todos seus clientes, independentemente de seus times de preferência.