Da mesma família dos inhambus, das codornas e dos macucos, a perdiz é uma ave de tamanho médio (com cerca de 37 centímetros e pesando 300 gramas) e que alimenta-se principalmente de grãos, folhas, flores e raízes. Também é conhecida como perdigão (no Rio Grande do Sul), martineta ou perdiz-grande (no Uruguai) e martineta-colorada (na Argentina).

No Brasil, durante muitos anos a perdiz foi alvo apenas de caçadores, sendo encontrada para comercialização apenas sob encomenda - e de forma ilegal. Mas isso felizmente mudou no começo dos anos 90, quando teve início a criação de perdizes em cativeiros no país.

De sabor peculiar e delicado, a carne de perdiz é considerada tão sofisticada quanto a carne do faisão. É rica em proteínas de alto valor nutritivo, ferro e vitaminas do complexo B e possui baixo teor energético e de gordura, em especial quando consumida sem a pele.

Pode ser preparada assada, empanada, grelhada ou cozida em caldo. Sua carne também pode ser usada no preparo de suflês, patês com trufas, mousses e terrinas. Outra alternativa é rechear a ave com seus próprios miúdos ou com pão temperado com manteiga e ervas.

Confira aqui a deliciosa receita de perdiz aos vinhos. Lembrando que você encontra essas e outras carnes de aves no Porco Feliz.

Para mais informações, entre em contato com a gente pelo telefone 11-3315-0180 ou então pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. Será um prazer atendê-lo!

Importante: disponibilidade da carne de perdiz sob consulta.